Manaus – Onde o sonho se concretizou

Após quase 2 anos a viver em Manaus, no caos de qualquer grande cidade e da rotina doentia de trabalho, a vontade de obter a tranquilidade e fazer aquilo que realmente gostamos aumentava cada vez mais. Talvez por não termos a possibilidade de viajar tanto quanto queríamos e por estarmos longe dos principais spots de escalada, junto com a inspiração amazónica, este sonho começou a materializar-se.

A nossa experiência na Amazónia foi o trigger perfeito para avançármos nesta aventura. Primeiro, deu-nos o gosto pela conquista de novas vias de escalada, de explorar e aventurar sobre um ambiente muito pouco natural a qualquer europeu. Em segundo, deu-nos a conhecer novas pessoas com diferentes experiências, e que nos falaram de paraísos de escalada e montanha na América do Sul que nos fez enriquecer o nosso sonho e querer cada vez mais que se tornasse realidade.

E sim, em Manaus, Amazónia, tem rocha. Essa a resposta para qualquer escalador que pense visitar Manaus. Tem uma comunidade de cerca de 20 escaladores  que tem dinamizado a escalada, com muros para treino, conquistas nas proximidades da capital e também no sul do estado do Roraima.

A nossa estadia por Manaus foi muito positiva e enriquecedora. Como forma de matar o vício da escalada, praticamente todos os fins de semana fazíamos cerca de 400 km’s para, em primeiro lugar, abrir novas vias de escalada, e depois poder escalar essas vias. Isso permitiu que aprendêssemos e aperfeiçoássemos diferentes técnicas de conquista.

De Manaus levámos também amigos que nos vão ficar para a vida.

Informações úteis:

  • Como chegar: a melhor forma de chegar é de carro, para quem vem de Manaus deve tomar a BR-174 até Presidente Figueiredo, e depois a AM-240 (estrada até Balbina). A propriedade onde se encontra a escalada fica no Km 64 da AM-240. São cerca de 2 horas de caminho de Manaus.
  • Alojamento: na propriedade dos Seu Gaúcho é possível acampar ou dormir na rede, mas terá de pedir autorização ao proprietário e pagar um valor simbólico. Existe também uma pousada em Balbina, mais uns 20 km de caminho, e são cerca de 30€ o quarto.
  • Guia escalada: é possível fazer o download do guia de escalada aqui. Existem também informação no 27crags e no 8a.nu.
  • Época do ano: é possível escalar em qualquer época do ano. Mesmo com chuva tem vias de escalada que não ficam molhadas, no entanto tem outras que ficam inacessíveis na época de mais chuva, entre dezembro e maio.
  • Outros: para obter mais informação sobre a escalada em Manaus podem ler os artigos postados no blogdescalada.com: A escalada esportiva no meio da selva amazônica – Conheça o incrível Paredão do Seu Gaúcho, por Patrícia Espada; e Escalada em rocha na Amazônia – Os lugares onde é possível praticar o esporte no Norte do Brasil, por Paulo Henrique Santos.
  • Localização e pontos de interesse:

2 Comments

    1. Olá Augusto. Muito obrigado. Fique sabendo que a Lila foi quem nos recebeu também de braços abertos em Manaus e sempre se disponibilizou para nos ajudar, quer na escalada quer depois para nos disponibilizar a casa antes de partirmos.

      Até breve.

      Daniel e Patrícia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *